Sábado, 9 de Fevereiro de 2008

ai as outras namoradas, n nos lool ai lelas

Ina,como era o Bill como namorado?

Ele era muito querido. Ele tinha humor e não era aborrecido como os outros rapazes.

O que aconteceu entre voces os 2?

Nada mais do que aconteceu entre Tom e Júlia. Nós sempre nos encontrámos em grupos de quatro. O Bill não era tão timido como o Tom, ele queria mais carinho e ternuras que o Tom.

Fizeram sexo?

Não, mas eu sei que ele definitivamente teve sexo! Ele contou-me e nós costumávamos falar sobre isso.

Tu pensas que o Bill gosta de rapazes, também?


Eu não acredito nisso.Ele parece ser um bocadinho ameninado mas ele não é gay. Ele teve muitas namoradas e eu nunca o vi com uma rapaz.

Sabrina, Ex- namorada do TOM!

"O Tom fez batota comigo"

Quando é que conheceste o Tom?

A quatro anos atrás na escola. Eu gostava realmente dele desde o principio e muito rapidamente tornamo-nos num casal.

Quanto tempo foram um casal?

Um ano com algumas pausas. O Tom foi infiel algumas vezes,ele beijava outras raparigas.Quando soube disso,acabei com ele.Ele ficou cheio de remorsos e confessou tudo.Eu perdoei-o.

O que se passou entre voces - fizeram sexo?

Não, eu fiquei varias vezes em casa dele,também algumas noites, mas não passou dos beijos e caricias. Ele era muito timido para mais.

Como é que a relação acabou?

Num certo ponto eu estava farta e acabei. A sua infedelidade poes-me doente, eu tive de mudar de escola.

Júlia, Ex-Namorada do Tom

"O Tom é timido, só a quinta saida é que nos beijamos"

Quando é que foram um casal?

No ano passado,nas férias do verão. A minha amiga Ina apresentou.me ao Bill e ao Tom.Os rapazes de algum modo encontraram os nossos números e escreveram SMS's.Passado pouco tempo,éramos um casal.

Foi o Tom que tomou a iniciativa quando começavam a namorar?

Não.Primeiro eu falava melhor com o Bill.Só no quinto encontro é que eu e o Tom nos beijamos.Os seus beijos eram realmente bons. (Tenho de ver isso! )

E,aconteceu algo mais?

Não,nós nunca nos encontrámos em casa, Nós saiamos sempre.Eu queria mais, mas o Tom nunca me pressionou para fazer algo.

Porque é que acabaram?

Isso foi realmente estranho. Depois das férias nós envidávamos(o k é isto?) na escola.Depos houve alguns Rumores que o Bill e o Tom devem ter espalhado. Nunca mais falámos.

Acreditas que o Tom fex sexo com 25 raparigas?

(Risos) Não, nunca!!

sinto-me: lool
música: aai os marotoss

publicado por tokio hotel lelas às 14:11
link do post | comentar | favorito
|

"eu nao me kero casar"

Milhares de fãs adoram estes quatro rapazes, as raparigas escrevem cartas a dizer por exemplo: "Quero casar contigo!" ou mesmo "Quero ter um filho teu!"


Bill, Tom, Gustav e o Georg contam à Bravo como imaginam as suas vidas no futuro...

Bravo: Digam sinceramente, vocês conseguem imaginar-se casados?

Tom: Eu realmente imagino-me casado com dificuldade. Casar, é um costume, não passa disso. Além do mais, o amor verdadeiro existe? Eu não sei.

Bill: Existe existe, e eu acredito!

Tom: Acredito que se pode estar com uma rapariga durante muito tempo, mas para sempre? É que ainda há pessoas que começam a namorar aos 16 e moram juntos até a morte...

Bill: Olha, eu acho que o amor existe, mas eu infelizmente ainda não o encontrei.

Georg: Eu gostaria de casar, mas não agora, mais tarde sim. Por um lado, é pena que tenha de parar numa rapariga só, portanto eu gostaria de conhecê-la mais tarde. Por outro lado, é fantástico, porque tu percebes que há uma mulher apenas neste mundo que te fará realmente feliz.

Tom: Por pensar que duas pessoas podem estar uma com a outra durante muito tempo, eu não sei o que dizer. Sempre a darem-se bem e haver aquela compreensão, será possível? Discussões as vezes refrescam as relações. E em geral, quando eu me decidir devo ter aí uns 60 anos ! (ri-se)

Gustav: Eu também me imagino casado com alguma dificuldade...

Bill: E eu caso-me só se o casamento for muito fixe (com estilo)

Bravo: Queres dizer com isso?

Bill: Um vestido de noiva que seja preto e vermelho. Maquilhagem escura. Para que nada fosse demasiado exagerado, e sem aquela musica de casamentos.

Bravo: E em relação a crianças?

Georg: Eu teria crianças com muito prazer. Primeiro um menino e depois uma menina.

Bill: Epa... eu não me consigo imaginar-me com criança ao colo.

Tom: Nem eu ! Com os recém-nascidos não dá para curtir muito não... *ri-se*

Bill: Mas eu imagino muito bem como o Georg muda as fraldas e como os pequenos cobrem-no de saliva (todos se riem)

Tom: Ya, e eles fazem birras 24 horas por dia. Mas vocês sabem... o quanto as crianças podem ser insuportáveis...

Georg: Tudo depende da educação que dás.

Tom: Já agora, se algum dia quiser ter um bebe, queria que já fosse crescido o suficiente, sem estas preocupações como as fraldas, as birras, etc. Pena é que não seja possível... Hmm... eu agora imagino o Georg como o motorista de uma carrinha "familiar" *ri-se*

Georg: Nem pensar ! Não quero nenhum carro "familiar", quero é um carro desportivo *sorri*

Bill, Tom, Gustavo e o Georg ainda não conseguem decidir, é melhor serem solteiros ou casados

sinto-me: ai os putos dos bebes lool
música: ahhhh adoramosss

publicado por tokio hotel lelas às 14:06
link do post | comentar | favorito
|

preguntas feitas pelo povo italiano!! loooool

Como é serem famosos com a vossa idade?


Bill: Eu e o Tom começámos a escrever as nossas próprias músicas com 7 anos. Agora temos 18 e somos famosos desde os 15. Não conseguimos imaginar uma juventude melhor do que esta.

Estão preparando o vosso novo àlbum?


De momento, estamos a trabalhar no àlbum em inglês, mas já estamos a escrever novas músicas. O DVD Live vai sair no ínicio de Novembro.

E as datas em Itália?


Neste momento só temos marcado o festival no Milão.

Estão a planear ir também ao Sul de Itália?
Tom: Sim, claro. Não sabemos quando, mas vamos ir de certeza, talvez em 2008.

Têm namorada?


Tom: Estamos todos solteiros, mas o Georg continua virgem. (oO')

O que é que acham das italianas?


Tom: São lindas, mas ainda não tivémos oportunidade de "exprimentá-las" (este Tom...) porque tivemos poucas vezes em Itália.

Quem escreveu "Gegen meinen willen"?


Bill: Eu e os nossos produtores. Esta música têm a haver com nós os quatro, porque fala de divórcio.

Tom, é verdade que tiveste 25 namoradas?


Tom: 25? Agora o número já passou disso. Para dizer a verdade, nem consigo contá-las. (o.o)

Como é que nasceu o 'Monsoon' ?


Bill: Primeiro de tudo, o Monsoon nasceu principalmente com estas três palavras "behind the world", depois, com a ajuda dos productores, escrevemos o resto da música.

sinto-me:
música: ai tommm

publicado por tokio hotel lelas às 13:58
link do post | comentar | favorito
|

entrevista sobre o video spring nitchh

Um prédio de 15 metros na praça Alexander em Berlim. É uma da manhã, a chova cai e está muito frio. Em cima, no canto do telhado do prédio, está o cantor dos Tokio Hotel, Bill. Ele demonstra-se triste e desesperado. O cabelo voa com o vento. Prestes vai cair para o abismo! Esta cena vê-se no novo videoclip dos Tokio Hotel "Spring nicht". Neste videoclip, o Bill apresenta duas "caras": uma vez como "salvador", e a outra vez como o "Bill triste" que já não quer viver mais…

Bravo: Como foi a filmagem?

Bill: Muito cansativo! Desta vez filmamos durante duas noites. Na primeira noite esteve a banda toda nas filmagens, na segunda noite, apenas eu. Mas, felizmente, só começamos as filmagens às 17 horas. Também é a minha altura favorita (risos).

Bravo: Estava muito frio e chuvoso. Estavas em T-Shirt. Como é que conseguistes?

Bill: Eu tremia por todo o corpo. Mas mal a câmara era desligada, traziam-me um casaco quentinho. Além disso, havia chá e cacau quente e waffle quentes. E isso ajudou!

Bravo: Tu, no vídeo, representas um suicídio. Como é que conseguiste entrar no papel?

Bill: Não foi muito fácil. Assim que a câmara era ligada, eu tinha que demonstrar o sentimento da música. E isto tudo só com olhares. Os rapazes viram o vídeo e disseram que eu o tinha feito bem.

Bravo: Tiveste medo quando estavas no parapeito do telhado?

Bill: Eu tenho um pouco de vertigens. Mas felizmente tive o apoio de pessoal que me fizeram ver a coisa. A partir dai, comecei-me a sentir seguro.

Bravo: Já pensaste, alguma vez, em praticar um suicídio?

Bill: Não, ainda não! Claro que cada um tem os seus problemas, e nem sempre a vidas me corre as mil-maravilhas, mas dai em pensar em me suicidar!

Bravo: Já houve casos de suicídio na tua família ou amigos?

Bill: Não, mas há muitos jovens da nossa zona que não têm a vida muito facilitada. Eles falaram-nos muitas vezes disso. É por isso que eu achei importante fazer esta música. Com o papel duplo de "desesperado" e de "salvador", quis mostrar que não se deve desistir! Quando se conhece alguém que se quer suicidar, temos que fazer de tudo, para faze-lo animar-se outra vez.

Bravo: Já alguma vez alguma fã já vos falou nisso?

Bill: Sim. Houve uma vez uma carta que dizia que houve fãs que o tiveram prestes a fazer, só que depois desistiram. Disseram, também, que a nossa música ajudou a "recuperar". Isto, é claro, a coisa mais bonita que nos puderam dizer!

Bravo: Tens medo da morte?

Bill: Sim, isso tem toda a gente! Mas o Tom tem mais. Ele ama a vida. Eu também gosto dela, mas não tanto como ele. Mas o pior é quando as pessoas que te são queridas, morrerem. Mas nisso não se pode pensar muito. Senão a vida torna-se muito "pesada".

Bravo: Acreditas na vida depois da morte?

Bill: Isso é garantido! Mas o quê, precisamente, não se consegue dizer. Não pode acabar tudo de um momento para o outro…!

Bravo: O que gostavas de ser para a próxima vida?

Bill: Um cão (risos)! Eles têm a vida facilitada. Podem dormir o dia todo, comem e ainda recebem festinhas.

Bravo: E quantos anos gostavas de atingir?

Bill: Muitos. Conforme! Se eu estiver muito doente, teria de ponderar o assunto. Mas se eu, com 85 anos, conseguir saltar e aproveitar a vida, então seria fixe!

Bravo: Como será o Avô Bill?

Bill: Nem consigo imaginar… Mas penso que serei um avô fixe! (sorri)

sinto-me: ai lelaaa
música: wowwwwww

publicado por tokio hotel lelas às 13:53
link do post | comentar | favorito
|

á conversa com eles

Como foram os vossos últimos 2 concertos em França?

Bill: Foram fantásticos. Finalmente conseguimos criar um palco só nosso para acolher os fãs que nos queriam ir ver. A amplitude foi enorme e o público francês foi muito acolhedor. Eu dei tudo por tudo e sai exausto desses últimos dois dias, mas foi fantástico.
Tom: Também podíamos falar do fenómeno que nos tornámos em França. É sempre bom ser adorado num país estrangeiro.

E o que pensam quando vêem “mini” Bills e Toms?

Tom: É engraçado, mas há mais “mini” Bills!
Bill: Eu acho que é muito emocionante ser uma fonte de inspiração para os nossos fãs. Temos quase a mesma idade, portanto compreendemo-nos e passamos pelas mesmas situações. Partilhar um look ou uma atitude só nos aproxima ainda mais.

Ainda conseguem viver juntos 24 horas por dia?

Gustav: Nós já nos conhecemos à muito tempo, temos os nossos hábitos e respeitamos as vidas privadas uns dos outros.
Georg: E é também uma questão de ser prático e tem resultado para todos por isso.
Tom: É melhor do que viver com os pais e melhor ainda, não temos que nos levantar cedo para ir para a escola!

E como fazem quando querem ter alguns momentos de intimidade com as namoradas?

Bill: Isso não é problema, porque somos todos solteiros.
Gustav: A banda não nos deixa muito tempo para relações sérias. Estamos fora durante muito tempo e sempre ocupados com a música.
Tom: Podemos sempre aproveitar quando estamos em tour e cada um de nós tem o seu próprio quarto de hotel (risos)!

Isso significa que são do tipo de ter aventuras?

Bill: Não no meu caso. Eu prefiro relações sérias. Não gosto de magoar raparigas.
Tom: Às vezes existe química com uma fã durante o concerto e se nos encontramos depois, porque não nos ficarmos a conhecer melhor, já que nos damos tão bem?

Quem tem o feitio pior?

Bill: Não há isso de feitio pior. Depende do dia e do humor.
Tom: O BIll e sempre super-teimoso e quando ele tem uma ideia na cabeça, temos de fazer sempre o que ele quer. Ou então temos de ficar imenso tempo a “negociar” com ele para o convencer-mos a mudar de ideias.

Como reagem aos rumores na Internet?

Bill: Às vezes magoa, mas no geral não nos preocupamos. Nós temos um site oficial e se querem informações verdadeiras sobre a banda, é ai que devem ir. Quando vamos a um chat, é sempre anunciado oficialmente, e se não for o caso, já sabem que estão a falar com alguém que se faz passar por nós.

Vocês visitam os sites de fãs?

Gustav: Eu gosto de navegar pela web e quando me deparo com um site giro sobre nós fico sempre muito feliz.
Bill: Eu não tenho muito tempo mas, às vezes dou uma “espreita”. É muito bom ver que há uma comunidade de pessoas que nos segue e que passa algum tempo a fazer sites sobre nós para os fãs.

E quais são os vossos próximos projectos?

Bill: Bem, vamos continuar a promover os nossos álbuns e queremos voltar a França e dar lá mais alguns concertos mas, terá que ser depois da “fall” (ou “rentrée”, que é equivalente ao nosso regresso às aulas). Deverá entretanto haver uma grande surpresa para os nossos fãs em Outubro, mas não posso adiantar mais nada porque não é definitivo.


publicado por tokio hotel lelas às 13:36
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 6 seguidores

.pesquisar

 

.Fevereiro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. ai as outras namoradas, n...

. "eu nao me kero casar"

. preguntas feitas pelo pov...

. entrevista sobre o video ...

. á conversa com eles

.arquivos

. Fevereiro 2008

.links

SAPO Blogs

.subscrever feeds