Sábado, 9 de Fevereiro de 2008

"eu nao me kero casar"

Milhares de fãs adoram estes quatro rapazes, as raparigas escrevem cartas a dizer por exemplo: "Quero casar contigo!" ou mesmo "Quero ter um filho teu!"


Bill, Tom, Gustav e o Georg contam à Bravo como imaginam as suas vidas no futuro...

Bravo: Digam sinceramente, vocês conseguem imaginar-se casados?

Tom: Eu realmente imagino-me casado com dificuldade. Casar, é um costume, não passa disso. Além do mais, o amor verdadeiro existe? Eu não sei.

Bill: Existe existe, e eu acredito!

Tom: Acredito que se pode estar com uma rapariga durante muito tempo, mas para sempre? É que ainda há pessoas que começam a namorar aos 16 e moram juntos até a morte...

Bill: Olha, eu acho que o amor existe, mas eu infelizmente ainda não o encontrei.

Georg: Eu gostaria de casar, mas não agora, mais tarde sim. Por um lado, é pena que tenha de parar numa rapariga só, portanto eu gostaria de conhecê-la mais tarde. Por outro lado, é fantástico, porque tu percebes que há uma mulher apenas neste mundo que te fará realmente feliz.

Tom: Por pensar que duas pessoas podem estar uma com a outra durante muito tempo, eu não sei o que dizer. Sempre a darem-se bem e haver aquela compreensão, será possível? Discussões as vezes refrescam as relações. E em geral, quando eu me decidir devo ter aí uns 60 anos ! (ri-se)

Gustav: Eu também me imagino casado com alguma dificuldade...

Bill: E eu caso-me só se o casamento for muito fixe (com estilo)

Bravo: Queres dizer com isso?

Bill: Um vestido de noiva que seja preto e vermelho. Maquilhagem escura. Para que nada fosse demasiado exagerado, e sem aquela musica de casamentos.

Bravo: E em relação a crianças?

Georg: Eu teria crianças com muito prazer. Primeiro um menino e depois uma menina.

Bill: Epa... eu não me consigo imaginar-me com criança ao colo.

Tom: Nem eu ! Com os recém-nascidos não dá para curtir muito não... *ri-se*

Bill: Mas eu imagino muito bem como o Georg muda as fraldas e como os pequenos cobrem-no de saliva (todos se riem)

Tom: Ya, e eles fazem birras 24 horas por dia. Mas vocês sabem... o quanto as crianças podem ser insuportáveis...

Georg: Tudo depende da educação que dás.

Tom: Já agora, se algum dia quiser ter um bebe, queria que já fosse crescido o suficiente, sem estas preocupações como as fraldas, as birras, etc. Pena é que não seja possível... Hmm... eu agora imagino o Georg como o motorista de uma carrinha "familiar" *ri-se*

Georg: Nem pensar ! Não quero nenhum carro "familiar", quero é um carro desportivo *sorri*

Bill, Tom, Gustavo e o Georg ainda não conseguem decidir, é melhor serem solteiros ou casados

sinto-me: ai os putos dos bebes lool
música: ahhhh adoramosss

publicado por tokio hotel lelas às 14:06
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 7 seguidores

.pesquisar

 

.Fevereiro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. ai as outras namoradas, n...

. "eu nao me kero casar"

. preguntas feitas pelo pov...

. entrevista sobre o video ...

. á conversa com eles

.arquivos

. Fevereiro 2008

.links

SAPO Blogs

.subscrever feeds